Dióxido de Carbono - CO2

Também conhecido como "gás carbônico ou anidrido carbônico". É um gás ligeiramente tóxico, inodoro e incolor com sabor suavemente ácido, utilizado na industria para soldagem pelo processo MAG como gás protetor, indústrias de bebidas, como carbonante, extintores de incêndio e etc.

Mais detalhes

Novo produto

R$ 150,00

Entrega: 2 a 7 dias
3xR$ 50,00 sem juros

- +

Comparar

Cálculo do Frete

Aguardando CEP

Comprando este produto você pode ganhar até 7 pontos de fidelidade. Seu carrinho vai fornecer 7 pontos de fidelidade que podem ser convertidos em um cupom de R$ 0,70.


Novos produtos

Não há novos produtos

 
Mais informação

Dióxido de Carbono - CO2

Também conhecido como "gás carbônico ou anidrido carbônico". É um gás ligeiramente tóxico, inodoro e incolor com sabor suavemente ácido. Ele não queima e nem alimenta a chama. O gás carbônico é 1,5 vezes mais pesado do que o ar, ´um gá condensável. Devido a sua baixa tensão de vapr à temperatura ambiente, ele é acondicionado em cilindros na forma líquida em equilibrio com a fases gasosa.

Uso Industrial:

  • Como inertizante na conserva de alimentos;
  • Indústrias de bebidas, como carbonante;
  • Soldagem pelo processo MAG como gás protetor;
  • Extintores de incêndio;
  • Matéria-prima para processos quimicos;
  • Propolente em aerosóis, como pressurizante.

Produção

O dióxido de carbono pode ser produzido através da queima completa de matéria orgânica do tipo: óleos combustíveis, carvão, gás natural, casca de coco, cavacos de madeira etc. Neste processo de queima com ar, os gases de combustão contêm, além de CO2, vapor d'água, oxigênio, nitrogênio, monóxido de carbono e compostos de enxofre, que pode estar contido na matéria prima. O CO2 tem que ser então separado destes outros gases, purificado, comprimido e liqüefeito para sua comercialização.

Processos de geração de CO2

Geração Separação Purificação Compressão Liquefação:

No entanto, a forma mais econômica de se obter o gás carbônico é recuperá-lo através de uma grande variedade de processos onde ele é sub-produto. Algumas fontes de CO2 são:

  • Gás de combustão de forno de cal;
  • Sub-produto da síntese de amônia;
  • Fermentação na produção de cerveja e álcool;
  • Gás de alto forno da indústria siderúrgica;
  • Sub-produto da produção de hidrogênio;
  • Biogás;
  • Poços de gás carbônico.

Em alguns deste processos, como na fermentação e na produção de amônia, o gás carbônico tem purezas bem elevadas, bastando sua purificação, compressão e liquefação. As etapas de geração e separação são eliminadas, obtendo-se com isto uma redução substancial do investimento em equipamentos, além da maior simplicidade de operação, o que se reflete no menor custo de produção do CO2. Já em gases de alto-forno e forno de cal, o CO2 encontra-se em purezas intermediárias, isto é, superiores à do gás de queima de matéria orgânica, mas inferiores às dos processos acima citados. Nestes processos, elimina-se apenas a etapa de geração.

Processos de recuperação de CO2

Purificação Compressão Liquefação:

O tipo de purificação necessária depende da fonte de gás carbônico e das impurezas nele contidos. Torres de carvão ativado e/ou peneiras moleculares, secadores com silica gel ou alumina e colunas de destilação são alguns dos equipamentos utilizados na purificação do CO2 @ 99.9% v.

Após a compressão, a cerca de 20 barg, o gás carbônico é liqüefeito através da troca térmica com refrigerantes, como por exemplo a amônia. Segue então para tanques de estocagem de onde é distribuído para os clientes. O controle automático das condições de processo e análise do produto e seus contaminantes, garante a qualidade do produto final.

Segurança dos Cilindros:

  • Armazene os cilindros em local ventilado.
  • Não armazene juntos cilindro cheios e vazios.
  • Use luvas de segurança ao manusear os cilindros.
  • Não use adaptador nem chave para operar a válvula.
  • Não provoque aumento de pressão do cilindro por meio de calor ou chama.
  • Nunca manuseie cilindro de oxigênio com as mãos sujas de graxa ou óleo (risco de explosão).
  • Evite quedas e/ou choques com os cilindros.

Lembre-se: Os cilindros são vasos de pressão bastante resistentes, por isso pesam bastante. Dentro dos cilindros existe uma alta pressão que, também, é um risco. O importante é sempre lembrar que todos os gases devem ser manuseados com a maior segurança, e a melhor proteção contra tais riscos é o conhecimento dos procedimentos corretos sobre manuseios de gases.

Caracteristicas Gerais:

  • Nome Comercial e Sinônimos: Dióxido de Carbono, Nitrogênio Industrial
  • Tipo de gás: Dióxido de Carbono, gás carbônico ou anidrido carbônico
  • Simbolo químico: CO2
  • Grupo Químico: Anidrido Ácido
  • Peso Molecular: 44,01
  • Ponto de Ebulição, 760 mmHg: -78,5 ºC
  • Ponto de Congelamento: Não aplicável
  • Massa específica kg/m3: 1,833
  • Pressão de Vapor a 20º C: 838 psig
  • Densidade do Vapor (ar=1): 1.522 a 21 ºC
  • Solubilidade em Água, % em Peso: 0,90
  • Percentagem de Matéria Volátil em Volume: 100
  • Coeficiente de Evaporação (Acetato de Butila=1):  Não aplicável
  • Aparência e odor: O gás é levemente ácido e para algumas pessoas tem o gosto e o odor levemente caústico.
 
Itens Fornecidos

Somente a recarga do produto.

7 outros produtos na mesma categoria:

Comparar 0

Não há produtos

A ser determinado Frete
R$ 0,00 Total

Comprar todos os produtos