Mistura Solda MIG/MAG C-25

O processo MIG/MAG (GMAW) apresenta várias vantagens em relação a outros processos de soldagem por arco elétrico em baixa ou alta produtividade como SMAW (Eletrodo Revestido), Soldagem por arco submerso (SAS/SAW) e TIG. A Abrasmafe tem uma linha completa de mistruras de gases binárias e ternárias para soldagem MIG/MAG.

Indicado para soldagem de Aços Carbono e Aços Baixa Liga.

Mais detalhes

Novo produto

R$ 50,00

Entrega: 2 a 7 dias
3xR$ 16,67 sem juros

- +

Comparar

Cálculo do Frete

Aguardando CEP

Comprando este produto você pode ganhar até 14 pontos de fidelidade. Seu carrinho vai fornecer 14 pontos de fidelidade que podem ser convertidos em um cupom de R$ 1,40.


Novos produtos

Não há novos produtos

 
Mais informação

Mistura Solda MIG/MAG C-25

Indicado para soldagem de Aços Carbono e Aços Baixa Liga.

A Abrasmafe tem uma linha completa de mistruras de gases binárias e ternárias para soldagem MIG/MAG.

Soldagem MIG/MAG

Soldagem por arco elétrico com gás de proteção, sigla em inglês GMAW (Gas Metal Arc Welding), mais conhecida como soldagem MIG/MAG (MIG – Metal Inert Gas e MAG – Metal Active Gas), trata-se de um processo de soldagem por arco elétrico entre a peça e o consumível em forma de arame, eletrodo não revestido, fornecido por um alimentador contínuo, realizando uma união de materiais metálicos pelo aquecimento e fusão. O arco elétrico funde de forma contínua o arame à medida que é alimentado à poça de fusão. O metal de solda é protegido da atmosfera por um fluxo de gás, ou mistura de gases, inerte (MIG) ou ativo (MAG).1 Neste processo de soldagem é utilizada a corrente contínua (CC) e geralmente o arame é utilizado no pólo positivo (polaridade reversa). A polaridade direta é raramente utilizada, pois, embora proporcione uma maior taxa de fuão do eletrodo, proporciona um arco muito instável. A faixa de corrente mais comumente empregada varia de 50A até cerca de 600A, com tensões de soldagem de 15V até 32V. Um arco elétrico autocorrigido e estável é obtido com o uso de uma fonte de tensão constante e com um alimentador de arame de velocidade constante.

Atualmente, o processo MIG/MAG é aplicável à soldagem da maioria dos metais utilizados na indústria como os aços, o alumínio, aços inoxidáveis, cobre e vários outros. Peças com espessura acima de 0,76mm podem ser soldados praticamente em todas as posições.

MIG (Metal Inert Gás)

É denominado MIG o processo de soldagem utilizando gás de proteção quando esta proteção utilizada for constituída de um gás inerte, ou seja, um gás normalmente monoatômico como Argônio ou Hélio, e que não tem nenhuma atividade física com a poça de fusão. Este processo foi inicialmente empregado na soldagem do alumínio e o termo MIG ainda é uma referência a este processo. Estes processos são geralmente utilizados com corrente elétrica continua.

MAG (Metal Active Gás)

Quando a proteção gasosa é feita com um gás dito ativo, ou seja, um gás que interage com a poça de fusão (normalmente CO2) o processo é denominado MAG.

Vantagens:

O processo MIG/MAG (GMAW) apresenta várias vantagens em relação a outros processos de soldagem por arco elétrico em baixa ou alta produtividade como SMAW (Eletrodo Revestido), Soldagem por arco submerso (SAS/SAW) e TIG, abaixo uma lista com algumas vantagens:

  • Não há necessidade de remoção de escória;
  • Não há perdas de pontas como no eletrodo revestido;
  • Tempo total de execução de soldas de cerca da metade do tempo se comparado ao eletrodo revestido;
  • Alta taxa de deposição do metal de solda;
  • Alta velocidade de soldagem; menos distorção das peças;
  • Largas aberturas preenchidas ou amanteigadas facilmente, tornando certos tipos de soldagem de reparo mais eficientes;
  • Baixo custo de produção;
  • Soldagem pode ser executada em todas as posições;
  • Processo pode ser automatizado;
  • Cordão de solda com bom acabamento;
  • Soldas de excelente qualidade;
  • Facilidade de operação;
  • Baixo custo do arame consumível para uso em aço e materiais ferrosos.

Limitações ou desvantagens da soldagem mig-mag

Como acontece em qualquer processo, a soldagem MIG/MAG apresenta algumas limitações:

  • Regulagem do processo bastante complexa;
  • Não deve ser utilizado em presença de corrente de ar;
  • Probabilidade elevada de gerar porosidade no cordão de solda;
  • Produção de respingos;
  • Manutenção mais trabalhosa;
  • Alto custo do equipamento em relação a Soldagem com Eletrodo Revestido;
  • Alto custo do arame consumível para uso em alumínio e aço inoxidável.

Equipamento

Equipamentos para soldagem manual são simples de instalar. Como o curso do arco é feito pelo soldador, somente três elementos principais são essenciais:

  • Tocha de soldagem e acessórios;
  • Motor de alimentação do arame;
  • Fonte de energia.

Segurança dos Cilindros:

  • Armazene os cilindros em local ventilado.
  • Não armazene juntos cilindro cheios e vazios.
  • Use luvas de segurança ao manusear os cilindros.
  • Não use adaptador nem chave para operar a válvula.
  • Não provoque aumento de pressão do cilindro por meio de calor ou chama.
  • Nunca manuseie cilindro de oxigênio com as mãos sujas de graxa ou óleo (risco de explosão).
  • Evite quedas e/ou choques com os cilindros.
 
Itens Fornecidos

Somente a recarga do produto.

7 outros produtos na mesma categoria:

Comparar 0

Não há produtos

A ser determinado Frete
R$ 0,00 Total

Comprar todos os produtos